Beijada por um Anjo 1

BEIJADA POR UM ANJO
Autora: Elizabeth Chandler
Editora: Novo Conceito
Páginas: 264
Nota:
Compre aqui

Sinopse: “Ivy acreditava e confiava nele como jamais tinha confiado em alguém. Um dia criaria coragem para dizer, com todas as letras, eu te amo Tristan”

O nadadador Tristan era o rapaz mais popular da escola e habitava o imaginário de todas as meninas da cidade. Na verdade, de quase todas, menos o de Ivy Lyons. Ivy só queria a companhia dos anjos. Seu preferido, desde menina, era Tony, o anjo da água, desde que o chamou pela primeira vez ao cair em uma piscina, sem saber nadar.
A água, que era o temor de Ivy e a paixão de Tristan, seria a responsável pela aproximação de suas vidas e os envolveria em uma linda história de amor, companheirismo e confiança.
A paixão envolvente, o companheiro ideal e a crença nos anjos são interrompidos no dia em que Tristan sofre um acidente.
Uma linda história de amor interrompida cedo demais…

Esse é o primeiro livro da série Beijada por um Anjo, que era pra ser uma trilogia, mas o 4º livro já foi lançado nos EUA e, muito provavelmente, será lançado ainda este ano pela editora Novo Conceito.

A história contada no primeiro livro é basicamente a de uma garota que acredita do fundo do coração em anjos, e até mesmo se comunica com eles, rezando e pedindo proteção; ela é Ivy Lyons. Sua mãe acabou de se casar com o homem mais rico da cidade, e Ivy, seu irmão Philip e a gata Ella têm de se mudar para a mansão de Andrew, e conviver com o meio-irmão, Gregory (que é um garoto insuportável, desculpem-me!). Mas, tem um garoto querendo chamar a atenção de Ivy, e ele é o melhor nadador da equipe, Tristan Carruthers.

Após várias tentativas, eles ficam juntos e o amor puro deles parece ser algo que vai durar para todo o sempre, mas as circunstâncias mudarão isso completamente. E, para piorar, vão mexer com a cabeça de Ivy e com toda a sua crença em anjos.

Quando li a sinopse e me encantei com o site especial para a trilogia que a editora fez, fiquei esperando por uma história incrível e avassaladora. Mas, infelizmente, não foi isso que encontrei no primeiro volume. Tive raiva da protagonista, porque ela agia de modo ingênuo inúmeras vezes e isso me irritou profundamente. Fiquei com pena do irmãozinho dela. Fiquei triste por Tristan, pela família dele… Quando fui perceber, no fim das contas tinha me envolvido tanto com os personagens que a história era boa, sim. O problema é que esqueci que se tratava de uma série e que o sentimento de ‘missão completa’ só vai aparecer no final.

Por isso decidi que o livro merece nota 4, porque ainda há coisa para ser contada e eu estou torcendo para a história melhorar muito. O único detalhe que me deixou confusa foi com relação aos flashbacks e flashforwards que surgem do nada no meio da narrativa. Não sei se o original é assim também, mas acho que poderia haver uma separação, indicação, para mostrar que aquilo não continua na próxima linha. Bom, minha opinião!

Agora vou começar a ler o segundo livro e tentar trazer minha opinião para vocês o mais rápido possível, porque como vocês já sabem o 2º e o 3º livros serão sorteados quando o blog atingir 750 seguidores!